segunda-feira, 29 de abril de 2013

Um alerta sobre gripe...


Sei que o tema do blog não é esse, mas fiz amigas verdadeiras aqui e sempre que eu conto essa história para alguém eu ouço: meu Deus, nunca tinha ouvido isso antes... Então acho importante compartilhar minha experiência com vocês.

Em outubro do ano passado, fui a SP visitar minha mãe. Estava com uma gripe fortíssima, nariz super entupido, febril... No retorno, já ao decolar o avião senti uma dor fora do comum no ouvido. Conforme foi passando o tempo a dor só aumentava... Quando pousamos eu não ouvia absolutamente NADA! Sabem quando o ouvido está entupido e damos uma bocejada e dá uns estalinhos?? Nem isso funcionava...

Saí do aeroporto desnorteada, subimos a serra e o marido teve que parar várias vezes porque doía DEMAIS!! 

Cheguei em casa e bati na (porta da) vizinha, que é médica. Ela me deu um remédio para dor, mas não resolveu e disse que no dia seguinte bem cedo deveria procurar um especialista. Era um domingo à noite.

Na segunda mesmo consegui um encaixe na otorrino.

Na consulta, a médica examinou meus ouvidos e me disse que NUNCA se deve viajar com gripe. A pressão interfere na inflamação do ouvido e na corisa e pode perfurar o tímpano. A explicação técnica para a coisa é a seguinte (não entendi muita coisa):

"Durante a subida do avião, à medida que a altitude aumenta (e a pressão atmosférica diminui), o ar presente no ouvido médio se expande e, habitualmente, escapa através da trompa de Eustáquio, igualando a pressão com a do ambiente. Durante a descida, à proporção que a altitude diminui (e a pressão atmosférica aumenta), o volume do ar existente no ouvido médio vai sendo reduzido, criando uma pressão negativa (vácuo parcial) em relação ao ambiente. Nestas circunstâncias, comumente, a trompa de Eustáquio não permite passivamente a entrada de ar para o ouvido médio, o que faria com que a pressão fosse igualada (equalização) com a do ambiente e pode ocorrer um trauma. Este ocorre mais freqüentemente durante os procedimentos de aterrissagem e pode ser uni ou bilateral. É mais comum na presença de condições que dificultem a abertura do tubo auditivo, como infecções (resfriado, gripe otite, faringite etc) ou alergias e em crianças, uma vez que as trompas de Eustáquio tem um diâmetro menor do que a dos adultos."


Graças a Deus não cheguei a este ponto... Mas foi quase...


Durante a viagem eu estourei vários vasos do meu tímpano. A médica disse que em termos não médicos foi por MUITO pouco que eu não perfuro o tímpano!

Bem, ela me passou corticóides, antibióticos, um monte de remédios. Fiquei um mês me tratando e no retorno, ao me examinar, a médica disse:

- Olha, quando você veio aqui estava horrível, agora está ruim!

Não tive como não rir, rs... 

Ela me passou mais alguns medicamentos. Mas nada dele desentupir. É uma sensação terrível, você ouve tudo para dentro.

No final do ano, quase dois meses depois do que aconteceu, um dia qualquer, trabalhando, um dos ouvidos deu um estalo. Doeu muito mas ele desentupiu!!!!!!! E alguns dias depois aconteceu com o outro.

Como vocês sabem, fui a SP este final de semana com gripe e sábado agora viajo de férias. Fui apavorada. Se não fosse importante para minha mãe eu não teria ido. Tomei milhares de remédios que fazem ressecar a coriza. Mas na volta não teve jeito, senti dor. Muita dor. Claro que não chegou aos pés da outra dor, mas foi uma dor considerável. Hoje a tarde consegui um encaixe e o ouvido só está inflamado. Terei de tomar mais corticóides e antibióticos para poder viajar com segurança.

Bem, escrevo tudo isso pois sempre que chego a este assunto com alguém, a primeira reação da pessoa que está ouvindo minha história é: NUNCA OUVI FALAR NISSO!! Pois é, eu também não sabia. 

Engraçado que nesta viagem, veio perto de mim um co-piloto. Ele veio como passageiro, pois pegava o próximo vôos e conversando comigo ele vira para mim na maior naturalidade e diz: "aposto que você viajou com gripe, todo mundo sabe que não se viaja com gripe". Alou? Será que era só eu a desinformada?? Hoje, na farmácia percebi que não. E como estamos num momento do ano que todo mundo está ficando doente, achei importante compartilhar essa experiência, que eu não quero que ninguém passe!!

Ah, quase ia me esquecendo... Caso aconteça algo parecido com você (e eu espero sinceramente que nunca aconteça) NÃO tampe a boca e assopre o nariz, como muitos recomendam, não boceje e tente (porque é involuntário) não espirrar. Minha médica estava me explicando que, por exemplo, no meu caso, que "apenas" rompi alguns vasos, se eu tivesse feito isso (que muitos desinformados recomendam) eu poderia estourar o tímpano, pois eu não estava conseguindo equalizar as pressões externas e internas do meu ouvido. A única coisa a fazer é correr para um especialista. Óbvio que se for só aquela tampadinha básica que dá normalmente você pode bocejar e tal. Mas se por acaso você sentiu uma dor absurda, não faça, ok??

Pesquisei bastante e realmente não há muita informação sobre isso. Encontrei duas reportagens interessantes:

Esta, que traz informações sobre o assunto, é do G1, assusta um pouco, mas é importante saber tudo. Nele tem também esta imagem, que achei bem informativa:



E esta, que é mais técnica, mas também cheia de informações importantes!

Por favor, divulguem para a todos que puderem. Nunca ninguém havia me alertado sobre isso. Com certeza você conhece alguém que também não sabe e pode evitar um sofrimento desses!!

26 comentários:

  1. Ju, há muitos mistérios entre o céu e a terra do que imagina a nossa vã sabedoria. Eu não sabia disso, para mim é novidade, mas obrigada pela alerta e pela preocupação conosco para evitar que nós passamos por esse sofrimento. Bjkas e melhoras. Fique na paz.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju! Nunca tinha escutado nada disso! Ai fui conversar com a minha mãe (que é medica) e ela disse que realmente não pode, tem que tomar descongestionante antes para ver se alivia, porque que é muito perigoso mesmo. Ou seja: vamos tomar mais cuidado e alertar as outras pessoas! Obrigada pela dica! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso deveria ser conhecimento publico né Taty???
      Bjaooo

      Excluir
  3. Ju, que loucura!!!!Espero sinceramente que fique 100% para poder viajar nas tuas férias, e como tu mesma falaste...eu nem sabia que isto existia!!!Bjsssss Dani
    http://minhaminimansao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, isso a aconteceu comigo, fui viajar com um pouco de gripe para o Nordeste, cheguei lá completamente surda não escutava nada e com pouco de dor, fiquei muito irritada, o pior é que lá só teria otorrino depois de uns 5 dias,depois de uns quatro dias e com um remédio que o farmacêutico passou a minha audição foi voltando.Não foi tão sério como foi o seu mais morri de medo de ficar surda!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá um baita desespero né Andrea??? Só quem passou sabe e sabe que não deseja isso a ninguem!!!! :)
      Bjao

      Excluir
  5. Menina que perigo... eu tb nunca tinha "ouvido" (rs) falar sobre isso. Que coisa... nossa muito obrigada por informar, alias isso é otimo, pois eu ja aprendi e clro vou passar para frente, fiquei preocupada pois minha mae foi pra miami esta semana e esta com uma gripe de matar. Sorte que ela tava entupida de corticoides. Que susto hein menina.
    Bjaum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que cuidar mesmo viu Sessa!!!
      Mas creio que com os corticoides nada nos pega kkkkk!!!
      Bjaoooo

      Excluir
  6. Isso aconteceu comigo ano passado quando fomos para a bahia no inverno, saí daqui gripada e acho que uns cinco minutos depois que o avião subiu já entupiu meus ouvidos, quando desci na bahia ainda tava com os ouvidos entupidos e com a cabeça com aquela sensação horrível né cheguei no hotel e fui dormir logo pra ver se no outro dia não tava mais assim acordei de manhã cedo e levantei rápido pra ver se já tinha voltado ao normal e nada fiquei quase roxa de tanto que fechei o nariz e assoprava meu deus tava apavorada rsrsrsrs passei o dia todo me espremendo e com dor de cabeça mas graças a deus de noite de tanto bocejar forçado e assoprar abriu meus ouvidos ai que alívio, também já ouvi falar que não se deve viajar gripado mas ninguém deixa de viajar por isso né minha sorte é que não fiquei com dor de ouvido nem tive nenhum problema mais sério. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Dri, vc teve MTA sorte!!!!!! Agora cuida viu, para não voar doente... Foi terrível!!!
      Bjaooo

      Excluir
  7. Eu já ouvi algo do tipo, mas não a esse ponto... nuss que coisa...
    Post ótimo e esclarecedor
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom saber que ajudei Cris!!
      Bjao

      Excluir
  8. Oi Ju!!
    Nossa... tbm não sabia!!!
    Parece que uma dor insuportável no ouvido é umas piores dores... e imagina passar por tudo isso longe de casa? E pior, tadinho os profissionais que não tem escolha e precisam viajar direto a trabalho!!
    Obrigada pela informação e pelas dicas... vou repassar sempre será útil para alguém :)
    Melhoras queridona!!!
    Beijão!

    "Construindo Minha Casa Clean"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Grazi, mas sabia que o pessoalda aviação a qualquer sinal de gripe fica em terra?? Já imaginou o processo???
      Bjao queridona!!

      Excluir
  9. Nussa amiga, nunca ouví falar nisso rsss, mas tb não viajei de avião muitas vezes (medo!)! Estimo melhoras tá? Se cuida! Bjssssssss

    ResponderExcluir
  10. Ju... eu conheço isso sim... mas aprendi porque fiz curso de mergulho... o que você teve foi um "barotrauma" no ouvido... por isso também que não se mergulha com gripe... ah... e nem com rinite, viu? O mesmo vale para vôos...
    Uma coisa que para mim costuma aliviar é mover a mandíbula e bocejar... para alguns, mascar chiclete também alivia... mas só funciona quando o ouvido não está muito entupido... vale a recomendação do médico e do piloto mesmo... melhor não voar nessas condições.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas dicas Fran... Não sabia dessa da mandíbula... Vou testar!!
      Bjao querida!!

      Excluir
  11. Excelente post!! Nunca tinha ouvido falar!! Bjos e boa recuperação e viagem!!

    ResponderExcluir
  12. Realmente não sabia disso. Meu marido as vezes sente dor de ouvido... mas acho que não estava gripado.
    Adorei o post, esta informação deve ser compartilhada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. NOssa, eu tbm não sabia disso, vc correu um risco enorme!
    Valeu pela informação!

    Bjs.

    ResponderExcluir

Deixa um recadinho que eu vou ficar muito feliz!

Tecnologia do Blogger.

© Sonhando com o 31..., AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena